volta ao menuVolta ao menu

Resumo História da Química

Pré-História

O fato mais importante praticado pelo homem nessa época foi a descoberta do fogo, atritando dois pedaços de madeira.

Idade Antiga

Egípcios, gregos, fenícios e chineses, entre outros, obtiveram metais (ouro, ferro, cobre, chumbo etc.), vidro, tecidos, bebidas alcoólicas (vinho e cerveja), sabões, perfumes e duas ligas metálicas: o bronze (cobre e estanho) e o aço (ferro e carvão).

No antigo Egito, o fato mais notável foi a mumificação de cadáveres. Na Grécia, se destacou a defesa da constituição atômica da matéria.

Idade Média

A Química recebe o nome de alquimia ( árabe: al = a).

Os alquimistas tinham dois grandes objetivos:

·         obter o elixir da longa vida;

·         conseguir a pedra filosofal, que permitiria transformar um metal comum (ferro, cobre, chumbo etc.) em ouro.

Tentando atingir esses objetivos, os árabes obtiveram muitas substâncias (álcool, ácido clorídrico. ácido nítrico, ácido sulfúrico, água-régia etc.) e construíram apetrechos químicos usados até hoje (por exemplo, almofariz e alambique).

Idade Moderna

Surge a química médica ou latroquímica (século XVII). Nessa época, os químicos, liderados pelo suíço Paracelso, abandonaram as duas metas alquimistas e passaram a descobrir substâncias que curavam doenças (remédios).

No final do século XVIII, durante a Revolução francesa, a Química, a exemplo da Física, torna-se uma ciência exata. O químico Lavoisier descobriu que, durante as transformações químicas e físicas, ocorre a conservação da matéria (Lei da Conservação da matéria).

Foi com Lavoisier que se iniciou, na Química, o método científico, que estuda os porquês e as causas dos fenômenos.

Idade Contemporânea

Embora a ciência Química tenha surgido com o cientista Lavoisier, a Química tecnológica só vai ter lugar a partir da Primeira Guerra Mundial e ganhar impulso com a Segunda Guerra.

Graças à Química tecnológica puderam ser construídos aparelhos que permitem a execução prática das teorias e também a descoberta de centenas de novas substâncias por dia, muitas das quais importantes para a humanidade.